Publicada em 07/08/2017 09:13:00


Na quarta-feira (02), a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) abriu licitação para a contratação de empresa de remoção médica de passageiros, tripulantes e vítimas de acidentes aeronáuticos ocorridos na área do Aeroporto de Aracaju e imediações.

Os recursos para a implantação do serviço, solicitados pelo superintendente do aeroporto, José Osman Oliveira Silva, foram viabilizados pelo líder do Governo no Congresso Nacional, André Moura (PSC-SE), totalizando R$ 1.057.320,00.

O superintendente explicou que o serviço é prestado somente em alguns aeroportos do Brasil e em Aracaju é realizado pelo SAMU, mas o tempo-resposta é muito longo. "Precisamos seguir o previsto pelo Regulamento Brasileiro da Aviação Civil elaborado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e ter um Serviço Médico de Emergência e Remoção de Vítimas (SME) exclusivo, que responda em tempo hábil às emergências ocorridas no aeroporto e seu entorno", destacou Osman.

O recebimento das propostas acontecerá dia 16 de agosto e o prazo de vigência do contrato com a empresa vencedora será de 30 meses contados a partir da data definida na Ordem de Serviço Inicial, podendo ser prorrogado por igual período. "Agradecemos ao líder André que atendeu nossa solicitação e foi em busca dos recursos necessários para a implantação de um serviço fundamental que atenderá aos protocolos de segurança e oferecerá mais qualidade na prestação dos serviços a toda comunidade aeroportuária', concluiu.

AssCom/AM