Publicada em 05/10/2017 19:10:00

 

O coordenador regional do movimento católico “Terço dos Homens Mãe Rainha” no Distrito Federal, José Feitosa de Carvalho, e o assessor nacional da Associação do Terço dos Homens Mãe Rainha, padre Vandemir Meister, parabenizaram nesta quinta-feira (05) o líder no Congresso Nacional André Moura (PSC-SE) pela apresentação de um projeto de lei para criar o Dia Nacional do Terço dos Homens, a ser celebrado todo 8 de setembro.

O deputado destacou a tradição do Terço dos Homens no Brasil, em especial no Nordeste. “É um movimento de muita importância e simbolismo, uma tradição para nós nordestinos, em especial os sergipanos. Apresentei o projeto e espero sensibilizar os colegas para aprová-lo, numa justa homenagem”, afirmou André Moura. “É uma atitude nobre de reconhecimento pela ação do movimento na Igreja e na sociedade, como extensão de benfeitorias realizadas em diversas cidades”, comentou padre Vandemir Meister.
 

Histórico – O “Terço dos Homens” foi criado em 8 de setembro de 1936 na cidade de Itabi, Sergipe, por um frade da Ordem dos Frades Menores de Penedo, Alagoas. Após realizar em diversos municípios sergipanos um trabalho voluntário, ele encontrou em Itabi o suporte necessário para lançar o Terço dos Homens, naquela ocasião com a presença de 220 pessoas.

De Sergipe, o movimento cresceu e se expandiu para outros estados: Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. A partir do lançamento em Fortaleza, em 18 de novembro de 2003, o Terço dos Homens se organizou, criou logomarca e manual próprio para orientar a reza e organização das arquidioceses, paróquias e igrejas.

AssCom/AM
#SergipeMaisForte
#MandatoProdutivo